TSE lança campanha para regularizar título de eleitor pela internet.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) lançou nesta terça-feira (28) uma campanha para regularização eletrônica do titulo de eleitor. Diante da pandemia do novo coronavírus e o fechamento dos cartórios eleitorais, o TSE pede que os eleitores resolvam as pendências no documento de forma eletrônica, no site criado pelo tribunal.

O prazo vale para quem tem o título e para jovens de 16 anos que vão votar pela primeira vez e querem solicitar o documento. Os eleitores que estiverem com pendências no documento não poderão votar nas eleições de outubro, quando serão eleitos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores nos 5.568 municípios do país.

Com o fim do prazo, o cadastro eleitoral será fechado e nenhuma alteração será permitida, somente a impressão da segunda via do título será autorizada. A medida é necessária para que a Justiça Eleitoral possa saber a quantidade de eleitores que estão em dia com o documento e poderão votar.

No ano passado, 2,4 milhões de títulos foram cancelados porque os eleitores deixaram de votar e justificar ausência por três eleições seguidas. Para a Justiça Eleitoral, cada turno equivale a uma eleição.

Além de ficar impedido de votar, o cidadão que teve o título cancelado fica impedido de tirar passaporte, tomar posse em cargos públicos, fazer matrícula em universidades públicas, entre outras restrições.

Você poderá requerer a regularização de seu título (revisão – inscrição cancelada), a primeira via do título (alistamento), mudança de município (transferência), alteração de dados pessoais ou alteração de local de votação por justificada necessidade de facilitação de mobilidade. Fique atento ao prazo final para requerer: 6 de maio de 2020.

Saiba como regularizar seu título eleitor clicando aqui.

Assessoria de Comunicação
União dos Vereadores de Santa Catarina
Tel.: (48) 3028 4566
E-mail: relacionamento.uvesc@gmail.com
Instagram:@uvescoficial

Fonte de notícia: Site exame.